terça-feira, 28 de julho de 2020

Membros do PCC são presos no Ceará em operação coordenada nacionalmente


Integrantes da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) foram presos no Ceará, na manhã desta terça-feira (28), em uma operação coordenada nacionalmente. Pelo menos 8 mandados de prisão foram expedidos no Estado. A segunda fase da Operação Flashback ocorre ainda em outras 10 unidades da federação e cumpre ainda ordens judiciais de busca e apreensão.

A operação tem como objetivo desarticular a organização criminosa, que tem base no Mato Grosso do Sul, realizando prisões e buscas em vários endereços e fazendo ainda a coleta de material genético dos suspeitos, como forma de auxiliar na elucidação de crimes violentos. Segundo a polícia, o grupo é investigado pela prática de vários crimes como tráfico de drogas, homicídios e roubo. 

Em Sobral, na região Norte do Ceará, foram expedidos pelo menos cinco mandados de prisão. Em Santana do Acaraú, outros três. Pelo menos quatro pessoas foram presas, até a publicação desta matéria. A operação é realizada em parceria com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Ceará (MPCE).

"É de uma granda valia para a sociedade retirar esse pessoal [do convívio social]. Têm pessoas q foram presas recentemente com armas, presas por homicídios. Todos eles já respondiam [por crimes na Justiça] e estão sendo presos por determinação judicial", avalia o tenente Francisco Edisio Moura.

Informações do Diário do Nordeste.

Nenhum comentário: