terça-feira, 28 de julho de 2020

Barroquinha - Nota de Esclarecimento


O Município de Barroquinha esclarece que o compromisso com os profissionais do magistério e com a construção do plano de cargos, carreira e remuneração vem desde 2009, quando por meio da Lei Municipal nº. 335/2009, fomos o primeiro município de nossa região a implantar integralmente as reivindicações dos profissionais. 

De 2009 aos dias atuais, o PCCR passou por profundas modificações promovidas pelo sentimento de necessária valorização dos profissionais da educação, as quais independeram de qualquer intervenção externa. Dentre os diversos direitos, estão:

1 - Reajuste anual do piso salarial;
2 - 1/3 da carga horária para estudo e planejamento dos professores;
3 - Progressão funcional automática de todos os professores para a Referência 2 da Tabela Salarial (Garantido em 2012);
4 - Reajuste salarial dos professores graduados de 16,05% para 24,93%;
5 - Reajuste de 10% para 15% sobre o Vencimento Base dos professores Pós-graduados;
6 - Avaliação de Desempenho;
7 - Auxilio Deslocamento;
8 - Progressão funcional na carreira de 93 profissionais em 2017– (Ciclo 2017/2019);
9 - Progressão pela formação acadêmica de todos profissionais pós-graduados;
10 - Progressão funcional na carreira de 118 profissionais em 2020 – (Ciclo 2017/2019);

Importante ressaltar que a progressão funcional na carreira, que sempre foi realizada pelo Município de Barroquinha ao final de cada ciclo. 

A conquista do direito a progressão na carreira é dos profissionais do Magistério, e não de entidade ou outros Poderes do Estado, pois o PCCR foi fruto de uma administração responsável e leal com aqueles que constroem todos os dias o futuro de nossa gente e transformam a realidade por meio da educação.

Por fim, afastamos qualquer oportunismo de eventual cobrança de terceiros para homologação dos resultados da progressão na carreira, pois estas, sempre se deram no prazo certo desde a primeira no ano de 2013.

Informações da Prefeitura de Barroquinha via Porfessor Ademar.

Nenhum comentário: