sexta-feira, 3 de julho de 2020

Asfalto...Não vamos dizer que é ruim. Vamos dizer que tempo de eleição obra milagres. Por que, né?


Ora, idiota é quem diz que melhorias pra população é ruim! Nunca foi e nunca será, pelo menos para este blogueiro que vos escreve há quase oito anos diariamente. A critica existente é justamente cobrando benefícios. E lógico: sem a obrigação de prestar louvor ao modus operandi aplicado pelo governo para prestar os serviços; sem transparência e mal feito - lembra do saneamento básico, que destruiu a pavimentação por onde passou? Lembra do pier, que já passou por manutenção inúmeras vezes devido a qualidade do material? a reforma da Rodoviária e um punhado de obras mal feitas e com valores exorbitantes?...

Não existe  condições de dignificar uma prefeita condenada em julgamento pela Justiça a pagar multa  por utilizar a máquina pública em beneficio politico seu e de seu esposo deputado, também condenado no mesmo processo.  Além do mais,  o que pode estar por trás destas obras repentinas que não vem à luz?

Transcrevo, abaixo, o que postou o vereador Marcos Coelho em suas redes sociais. Diz muito das aparências do governo Monica: 

- Apenas coincidência: o TSE confirmou as eleições deste ano e de repente a sumida Prefeita Monica Aguiar apareceu em público, ruas são asfaltadas, ordenadas obras na sede e no interior do Município, cestas básicas e máscaras para pescadores, garis e famílias mais carentes são doadas, máquinas abrem estradas...demorou apenas sete anos e meio para ela assumir a Gestão Municipal. 

Alguém tem dúvidas que ano eleitoral é milagroso? 

Mas, voltando ao assunto do asfalto, qual é mesmo a empresa que está executando a obra ? É recurso federal, estadual, é de receita própria? quantas ruas serão contempladas? quanto está custando o serviço?  quanto está saindo do bolso dos camocinenses? 

Foram asfaltadas, até agora, as ruas Dr.Raimundo Veras,  Antônio Lima  e agora a Humaitá.

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: