Moraújo - Entrevista do prefeito foi uma sequência de declarações defensivas e ataques ao grupo de oposição - Revista Camocim

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Moraújo - Entrevista do prefeito foi uma sequência de declarações defensivas e ataques ao grupo de oposição


Esperava-se do Prefeito uma fala no sentido de tranquilizar a população, devido ao momento difícil em que vive Moraújo, com 171 casos de Covid-19 confirmados.


Quando se esperava do Prefeito de uma fala no sentido de tranquilizar a população, devido ao momento difícil em que vive Moraújo, com 171 casos de covid-19 confirmados, números altíssimos pra o Município de 8000 habitantes, eis que ele adotou uma postura totalmente defensiva. Sua preocupação foi de se defender e atacar o grupo de oposição chamando-o inclusive de "nazistas", fazendo questão de enfatizar que ler muito sobre o assunto.

O Chefe do Executivo Municipal esqueceu de falar do retorno das aulas remotas da rede escolar municipal. Sobre esse assunto é bom destacar que que outras cidades estão dando ênfase a esse importante fato. Cidades vizinhas estão, inclusive, entregando kits de alimentação e material didático complementar para os alunos.

Na realidade o prefeito demonstrou está muito mais preocupado com sua vida pessoal. Informou que contratou um advogado para cuidar exclusivamente dos supostos ataques a pessoa dele, segundo ele: os fake news!

Foi totalmente evasivo quando falou sobre o caso do vale gás, com denuncia em curso no Ministerio Público. Ele chegou a zombar do fato na entrevista, mesmo tendo uma beneficiária com renda per capita acima do permitido - a mesma tem rendimentos comprovados através de contracheque da própria prefeitura.

Criticou a criação da Comissão Especial Covid-19, que foi aprovada em votação unânime sexta feira (06) em sessão extraordinária proposta por cinco dos nove vereadores que compõem a casa do povo. Segundo ele, os gastos do Executivo estão a disposição, sendo que existe uma Lei vigente prevendo que o prefeito envie todo dia 15 de cada mês prestação de contas para Câmara Municipal. O interessante, segundo a oposição, é que o próprio prefeito tem conhecimento da Lei mas que não cumpre há anos, mesmo havendo vários requerimentos arquivados fazendo solicitação.

O gestor maior do município quis dá uma aula sobre como funciona o sistema de compras efetuados na sua gestão, esquecendo que consta, recentemente, compras no valor de quase 200 mil reais efetuadas com dispensa de licitação da FB Medicamentos, de propriedade de Francisco Fernandes, conhecido como Chico do Anenor, figura conhecida de todos como apoiador de campanha, eleitor e filiado ao partido do prefeito. Inclusive com várias fotos em eventos e adesões políticas ao lado do gestor municipal. Esse caso corre ação popular ofertada ao MP.

Pra fechar com chave de ouro excelentíssimo Sr. Prefeito afirmou que Moraújo não dispõe de mão obra qualificada. O que era pra ser uma entrevista se tornou uma sequência declarações com muita falta de respeito e falta da verdade com a população que paga o salário do Sr. Carlos Áquila.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: