terça-feira, 16 de junho de 2020

Jijoca - Mais uma vitima da perseguição Martins

O Valdionor Antônio de Sousa foi filiado ao  PRB por mais de dez anos - para quem não sabe, o PRB é um dos partidos da base do governo Lindbergh Martins - continuando: O Valdionor foi também um dos fortes apoiadores da campanha do então prefeito Martins. Ele é motorista concursado do município, mas exercia um cargo de confiança na atual gestão como Coordenador de Supervisão da Frota Municipal. Podemos dizer que ele era o Chefe de Transporte da prefeitura, função que exerceu  até a data 04 de maio de 2020, quando foi exonerado pelo chefe maior do executivo local...

Por que ele foi exonerado? resposta em síntese: porque passou a discordar dos erros da gestão!  e no império Lindbergh Martins é proibido discordar.

Agora imagine:  Valdinor chegou a cogitar uma candidatura a vereador pela base do prefeito. Ou seja, era um aliado politico pra lá de achegado, que em tese, não merecia o descarte mas sim a manutenção dialógica da boa relação politica, só que não foi isso que ocorreu...

Agora  pense: se o prefeito não aceita divergências por parte dos próprios aliados, vai aceitar de quem? 

O fato é que Valdinor passou a entender que a cartilha do alfabeto Martins tinha letras estranhas e ilegíveis! Ele desistiu da candidatura, desfiliou-se do PRB e se filiou ao PROS e como "recompensa" recebeu a exoneração da coordenadoria que exercia na prefeitura.

Detalhe: O Lindbergh Martins odeia o PROS! 

O PROS é um dos partidos da base da oposição que pleiteia destronar, através de chapa Majoritária,  a ditadura que é o atual governo de Jijoca.

Em tempo: 

O prefeito vem mostrando, por A mais B, que diálogo não lhe é algo barato quando o assunto destoa de suas opiniões. A sua regra, limpa e clara, para quem não bebe na sua taça é: "distanciar e/ou perseguir" toda e qualquer pessoa que não lhe renda capital politico, mesmo que pra isso tenha que desordenar  setores da máquina púbica municipal...O diálogo é na base da canetada, a modernização do chicote da idade média.  

Se continuar assim, a debanda dos aiados, que já está sendo inevitável, poderá ser uma catástrofe de prejuízos irreparáveis para o prefeito e sua turma.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: