terça-feira, 30 de junho de 2020

Camocim - Grupo Aguiar persegue politicamente dona de casa que gravou vídeo criticando merenda escolar.

"Precisava levar uma "trancadazinha boa" para deixar de ser manipulada".


É impressionante o poder de perseguição do grupo Aguiar aos que não concordam com eles! Veja só: existe um grupo de whatsapp denominado "somos todos irmãos", de apoio ao pré-candidato Glauco Aguiar, e neste grupo, um tio do pré-candidato pediu aos outros membros do grupo que fizessem o levantamento completo da ficha da senhora Lurde Silva, que criticou, em vídeo, recentemente,  o kit da merenda escolar AQUI. 

Não demorou muito e descobriram que a senhora trabalha na UPA de Jericoacoara, no município de Jijoca como contratada. Imediatamente eles enviaram o vídeo desta senhora para o prefeito da dita cidade "para ele saber  o tipo de servidor que  ele tem no município dele". A saber: o prefeito de Jijoca é capacho politico de Sérgio Aguiar.

 Neste grupo, eles tratam as pessoas que fazem denúncia como  "manipulados". O tio do Glauco, que é também tio do Sérgio Aguiar, disse que essa pessoa precisava levar uma "trancadazinha boa para deixar de ser manipulada".

A informação chegou ao blog através de uma fonte ligada ao grupo da família Aguiar, que pediu para não ter seu nome revelado. 

Alfinetada

Esse povo não sabe conviver com a critica. Se imagina dono de Camocim, dono das pessoas, dono da opinião alheia e logo estigmatizam e tentam prejudicar politicamente qualquer pessoa que lhe contrarie publicamente. 

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: