sexta-feira, 19 de junho de 2020

Cadastro ao Auxílio Emergencial pode ser feito nas agências dos Correios


Mais de 6 mil agências dos Correios, espalhadas em todas as cidades do país, estão disponíveis para fazer o cadastramento de quem precisa do Auxílio Emergencial. Essa ação visa atender à população mais vulnerável, sem acesso a meios digitais e que ainda não conseguiu solicitar o Auxílio Emergencial.

Para o presidente dos Correios, general Floriano Peixoto, é uma oportunidade para a empresa reafirmar seu compromisso social:

“É uma parceria firmada entre os Correios e Ministério da Cidadania, com duração de 12 meses, e o serviço é oferecido gratuitamente à população. Os Correios fazem o cadastramento e a consulta de resultado na análise, a Dataprev faz a análise das informações e a Caixa Econômica Federal efetua o pagamento do benefício”.

Para pedir o cadastramento numa agência dos Correios, o interessado deve apresentar um documento com foto, em que conste também o nome da mãe do beneficiário; o CPF do solicitante e dos membros da família que dependem da renda do titular; e os dados bancários.

É necessário também um documento de identificação, como RG ou CNH, caso seja necessária a abertura de Conta Social Digital.

Em atenção à saúde de seus profissionais e do público, os Correios adotaram medidas para evitar aglomerações nas agências e o contágio pelo novo coronavírus. Foi estabelecido um calendário de atendimento para o cadastro do Auxílio, conforme o mês de nascimento do cidadão, que será desta forma:

segunda-feira: nascidos em janeiro e fevereiro;
terça-feira: nascidos em março e abril;
quarta-feira: nascidos em maio e junho;
quinta-feira: nascidos em julho, agosto e setembro; e
sexta-feira: nascidos em outubro, novembro e dezembro.

Vale lembrar que os Correios não realizam o pagamento do benefício e que o acompanhamento da liberação também pode ser feito nos canais disponibilizados pelo Ministério da Cidadania, Dataprev e Caixa Econômica ou pelo telefone 121.

Informações do Camocim Portal de Notícias.

Nenhum comentário: