segunda-feira, 22 de junho de 2020

44 municípios cearenses avançam de fase hoje; confira o que funciona


Quase um quarto dos municípios cearenses avança de fase hoje (22) no Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais. Na Capital, as novidades para o período são relativas às aberturas parciais de restaurantes, celebrações religiosas e esportes ao ar livre, além da liberação de 100% do trabalho presencial a atividades das cadeias produtivas da indústria química, de artigos de couros e calçados, metalmecânica, saneamento e reciclagem, energia elétrica e construção civil.

Para 18 municípios da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e outros 25 do Interior, que compõem a área de saúde de Fortaleza (classificação do Governo Estadual para estabelecer diretrizes relacionadas ao combate à pandemia no Ceará), será a vez do comércio voltar a abrir as portas com 40% da mão de obra, além do reforço do quadro de cadeias já liberadas para atuar durante a fase de transição.

No anúncio, realizado no sábado (21), através das redes do sociais, o Governo do Estado havia informado, inicialmente, que apenas a RMF avançaria à fase 1 do plano. O decreto nº33.631/2020, publicado no fim da noite daquele dia, incluiu outras cidades.

O secretário Executivo de Orçamento e Planejamento da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), Flávio Ataliba, afirmou ontem que prevê que até o fim de julho 100% das atividades econômicas devam estar liberadas para o retorno no Estado. A estimativa do Governo do Estado é que, com a fase 2, cerca de 85% já estejam permitidas a retornar ao trabalho presencial, mesmo que em diferentes fases.

Ataliba ressalta, entretanto, que a liberação não representa um afrouxamento dos protocolos sanitários impostos. "Não significa que liberou geral, os protocolos precisam ser observados e temos que ter um comportamento responsável da população. Já avançamos muito, e talvez estejamos (com a fase 2) com 85% da atividade econômica liberada", explicou o secretário em transmissão online para tirar dúvidas sobre o plano de retomada estadual.

Antes de abrir as portas, entretanto, o Governo alerta para que as empresas confirmem a situação de liberação no site (www.Ceara.Gov.Br/pesquisa-cnae/) da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet) com o código de Classificação Nacional das Atividades Econômicas (CNAE).

Informações do Diário do Nordeste.

Nenhum comentário: