quinta-feira, 14 de maio de 2020

Covid-19: Filho dorme há seis dias na porta de UPA para acompanhar pai que precisa de leito de UTI


Edredom e travesseiro, no chão da calçada em frente a UPA do Vila Velha e noites mal dormidas, essa é a saga de Jessé dos Anjos para acompanhar o pai, que permanece internado, ha seis dias, com o novo coronavírus na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Vila Velha, em Fortaleza.. “Quase uma semana acampado aqui, dormindo na calçada do hospital, vivendo da ajuda de amigos e vizinhos da UPA para poder acompanhar meu pai na luta contra a Covid-19, durante as 24 horas do dia”.

Com uma complicação no quadro clínico do pai, na última terça-feira (12), Jessé corre contra o tempo para conseguir um leito de UTI. O filho se recusa a deixar o local, onde tem dormido na calçada da unidade hospitalar há seis dias e só pretendo sair depois que conseguir um leito de UTI para o pai. 

Internado às seis horas da manhã da última sexta-feira (8), com febre, tosse e falta de ar, Jocélio da Silva, de 62 anos, é mais uma internação por Covid-19 no sistema de saúde pública do Ceará. Além de idoso, Jocélio também tem hipertensão, diabetes e é portador de hiperplasia prostática benigna, o que requer mais cuidado com a sua situação.

Diário do Nordeste.

Nenhum comentário: