Diferente dos demais, prefeito de Jijoca distribui pulseiras nas filas ao invés de máscaras de proteção - Revista Camocim

terça-feira, 28 de abril de 2020

Diferente dos demais, prefeito de Jijoca distribui pulseiras nas filas ao invés de máscaras de proteção

Prefeito agora cria duas filas:  a fila das pulseiras e a fila da Lotérica 


Depois da pressão de populares, da cobrança do Dr. Mauricio, presidente municipal do PROS, e da matéria do Revista Camocim, o prefeito de Jijoca resolveu "tentar" realizar algo para acabar com  as aglomerações na Casa Lotérica. Mas tudo indica que o chefe do executivo criou foi mais aglomerações: Veja bem: 

A partir de hoje, terça-feira (28), de acordo com o prefeito, a casa lotérica vai adotar uma nova  dinâmica de atendimentos, com cadastramento prévio e distribuição de pulseiras. 

Pergunta: É a caixa que vai adotar ou a prefeitura? Porque até o momento a Gerência da Caixa ainda não publicou uma linha sobre essa nova determinação. Ou se tem, mostre - mas que não se crie uma nota nas coxas). 

Ainda segundo o prefeito, esse cadastramento  acontecerá na Escola José Dionísio de Sousa, a partir das 15h com uma equipe da secretaria de saúde do município. As pessoas irão realizar um cadastro prévio e receber uma pulseira que garantirá o atendimento do dia seguinte.

O chefe do executivo municipal disse que "essa logística visa diminuir as aglomerações e filas noturnas, com riscos eminentes de contágio de Covid-19". E em letras garrafais ( gritando com os leitores), falou que "SÓ SERÁ ATENDIDO QUEM FIZER O CADASTRAMENTO E RECEBER A PULSEIRA!"

Agora, vamos ao óbvio: 

Alfinetada

1 - Se já havia uma fila na Casa Lotérica, agora teremos duas filas: 01 (uma) na Lotérica e outra na Escola José Dionísio. Ou seja: mais uma aglomeração desnecessária. 

2- Ou o prefeito imagina que as pessoas vão sair de casa em horários combinados para irem se cadastrar e receber essa tal pulseira ou então suas administração é burra ou está de pura sacanagem com o povo. 

3 - Em nenhum momento o prefeito - e nem seus serviçais - explica quais os procedimentos para garantir que as pessoas mantenham distância umas das outras nas filas, conforme exigência dos sanitaristas e demais organizações da saúde. Afinal de contas, esse distanciamento e o uso da máscara é o "X" da questão para se evitar o pior , e não a "pulseira". 

4- Em seu comunicado, o prefeito também não cobra das pessoas o uso obrigatório das máscara de proteção , conforme decreto estadual do governador Camilo Santana.

5- O  prefeito também não informa se irá distribuir máscaras nas filas ou se deixará agentes municipais orientando as filas e cobrando o correto distanciamento. 

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: