quinta-feira, 19 de março de 2020

Vaza áudio irresponsável de servidor da UPA de Camocim sobre atendimento de paciente suspeito de coronavírus

Paciente não tem coronavírus

Ontem, quarta-feira (18) vazou um áudio irresponsável de um dos profissionais da UPA 24h de Camocim dando conta do encaminhamento de um paciente com suspeitas de estar infectado com o coronavírus. O paciente foi, de fato, encaminhado para o Hospital Regional de Sobral mas não foi diagnosticado com a doença . 

O autor do áudio não chegou a afirmar que o paciente estava com o vírus. Apenas levantou fortes suspeitas, mas que foram suficiente para gerar falatórios distorcidos na cidade. 

Agora, a questão é: esse tipo de áudio não se posta em grupo de whatsapp e em lugar nenhum. Mesmo que tenha sido repleto de boas intenções, vazou de forma, repito: irresponsável!, e deixou várias pessoas em estado apreensivo, de alta ansiedade e até mesmo de pânico.

Quem gravou o áudio, bem como  quem compartilhou, mesmo tendo sido em um grupo de whatsaap de colega de trabalho, errou feio. Esse tipo de vazamento de informações atenta contra a ética profissional e carece punição. 

Saúde Pública é algo muito sério para se cometer estes tipos de deslizes, principalmente em tempos de complicações. 

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: