terça-feira, 3 de março de 2020

Sérgio e Gony hoje na Assembléia: A união do atraso!

 Os dois se tratavam por "bola murcha e calça curta" e de "velhacos".

Quem apareceu na Assembleia Legislativa para visitar o ex-rival, agora aliado, Sérgio Aguiar, foi o ex-deputado Gony Arruda. Os dois conversaram  por mais de uma hora. O assunto não poderia ser outro se não a oposição falida  e a disputa eleitoral deste ano em Granja.  

Os dois, depois de terem protagonizado ao longo de anos cenas de ofensas mútuas e de fortes  acusações, resolveram se juntar em torno do projeto politico fracassado que deixou Granja na escuridão durante décadas. 

O próprio Sérgio Aguiar na tribuna da Assembléia, em um dos debates, quando Gony era deputado,  chegou a dizer que o governo de Granja,  ao longo de 40 anos, comandado pelo saudoso Esmerino Arruda “era  uma vergonha" e ressaltou o índice que demostrava, na época, que 52% da população de Granja era analfabeta.

Noutro episódio, em 2012, o próprio Gony relatou que  Sérgio Aguiar, na Tribuna Legislativa, usou "termos chulos" com os quais se referiu a ele, ao seu pai e a sua mãe, respectivos Esmerino Arruda  e dona Carmem. Gony reagiu no Facebook e chamou Sérgio de "um covarde, baixo e otário".

Ainda nas tristes e hilárias lembranças, os dois se tratavam por "bola murcha e calça curta" e , vez por outras, nas indiretas, de "velhacos".

Agora os dois estão unidos que nem carne e unha! E isso sem falar que Sérgio tomou a liderança da oposição de Gony. E o que  rola nos bastidores chega a ser constrangedor: Sérgio quer lançar Gony como candidato a prefeito de Granja. Tanto é que os veículos de comunicação comandados pelo Sérgio não perdem a oportunidade de tecer elogios ao ex-deputado Arruda. 

Ora cara leitor, o próprio Aguiar dizia aos gritos: Gony passou 20 anos como deputado estadual  e nada fez por Granja e nem pela região!. Ele cansou de lembrar que em 2012 nem merenda escolar tinha na rede pública municipal de Granja, bem como não tinha iluminação pública, poços profundos - as comunidades eram abastecidas precariamente através de carros pipas -. Já no tocante a saúde, o hospital municipal não fazia uma cirurgia e faltava médicos nos postos de saúde e  outras coisas básicas para a dignidade da vida do povo granjense. 

Por fim, constata-se que a oposição fracassada de Granja pretende continuar, com Sérgio e Gony, trilhando o caminho do retrocesso e da corrupção. 

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: