quinta-feira, 12 de março de 2020

Donos de veículos que prestam serviço para a prefeitura de Camocim reclamam de atraso e descontos sem justificativa no pagamento


"Rapaz isso já tá se tornando uma palhaçada, disse um dos prestadores de serviço

Proprietários de veículos locados que prestam serviço para a prefeitura de Camocim  - que na grande maioria são também  motoristas -, estão reclamando novamente do atraso no pagamento do serviço,  com um agravante a mais: desconto, sem justificativa, no valor pago pelo serviço. 

Ou seja: eles reclamam que os serviços foram contratados por determinado valor mas estão recebendo outro bem inferior. 

Os donos de transportes reclamam do secretário Municipal de Conservação e serviços públicos, Cleile Júnior, responsável por traçar as rotas dos transportes, mas que estaria se recusando a dar informações ou orientações sobre o problema. 

O Revista Camocim teve acesso aos áudios em que os proprietários fazem as reclamações em u grupo de whatsapp.

Segue parte do diálogo entre quatro donos de veículos. 

1 - "Mais uma vez , uma falta de respeito grande com a gente, proprietário do transporte. Além de nos pagarem a atrasados, vem descontando dinheiro da gente. Rapaz isso já tá se tornando uma palhaçada"

2 - " Outra coisa: a gente pergunta uma explicação, não tem quem der . Falo com o Cleile Júnior, ele tá online, só faz sair e pronto. Devia explicar por qual  motivo que tá descontando. A gente pergunta uma coisa  e ele não é cego,  viu que eu perguntei pra ele. Ele ver por cima e não responde. O cara deveria responder.  A gente tem direito de saber porque tá tirando da gente.

3 -"O que me impressiona é que é só nós recebemos atrasados e só nós recebemos com desconto. E detalhe: e agente anda tem que dar manutenção no carro, pro carro tá rodando cem por cento. Engraçado isso.

4 - "Dezembro eu fiquei sabendo que é por causa de um recesso. Eu nunca ouvi falar que recesso desconta. Porque tem gente que trabalha aqui, que eu conheço, que trabalha comigo,  e não desconta um real, só desconta dos donos dos carros mesmo".

Os áudios não serão liberados a pedido da fonte, para evitar perseguição politica. 

Com a palavra, a prefeitura e o secretário citado. 

Carlos Jardel, com informações do radialista Miqueias Santos 

Nenhum comentário: