terça-feira, 24 de março de 2020

Proprietário de Circo instalado em Camocim escreve carta pedindo ajuda aos camocinenses

Com as medidas preventivas contra o coronavírus que proíbe a aglomeração de pessoas e estimula o isolamento social,  as atividades diversas da sociedade  estão sendo afetadas, dentre elas atividade circense, principalmente os circos de menores portes, que necessitam de público e  de um bom fluxo  erário advindo de suas bilheterias para manterem suas  despesas e, obviamente, a vida econômica dos artistas e suas receptivas famílias. 

Nesta situação, de pura precariedade, encontra-se o Circo Norte Brasil, instalado em Camocim, no Bairro Rodagem do Lago, com todas as atividades paralisadas. Ao todo, 11 pessoas,  incluindo crianças, estão necessitando da ajuda da população de Camocim.

Jose Maria, o Palhaço Fofoca, proprietário do Circo, publicou uma carta pedindo ajuda aos  empresários, donos de supermercados, autoridades competentes e a todos os camocinenses de modo geral.  Ele escreveu: " O Circo Pede Socorro". 

Quem desejar colaborar, pode entrar em contato através do telefone: (91) 9 9367 0731.



Carlos Jardel

Nenhum comentário: