terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

Prefeita é vaiada na terceira noite de carnaval em Camocim ao dar uma de apresentadora de palco


A prefeita de Camocim , Monica Gomes Aguiar,  recebeu de foliões um coro de vaias acompanhado de gestos obscenos na terceira noite de carnaval quando a mesma teve a ideia ridícula de tomar o microfone,  fazer as vezes de apresentadora de palco e chamar a principal atração do evento, o famoso DJ Alok.  Logo que pegou o microfone, e ficou aos berros, talvez embriagada com a vaidade executiva, a  "vaia cantou no meio do povo".

A prefeita Monica deve estar imaginando ser ela o grande motivo das pessoas estarem se concentrando na praça de eventos todas as noites  para dançar carnaval. Ela também pode estar se imaginando como a grande atração do carnaval ou então que a multidão é formada por seus eleitores e capachos, pra quem costuma dar "showzinhos". 

Faltou ainda o bom senso da equipe de assessores da prefeita, que não a impediu do desnecessário constrangimento público. 

Conselho

Senhora prefeita, caia na real: vossa excelência  não é a última coca-cola do deserto. E mesmo que fosse, saiba, os foliões não estão ali para lhe bajular ou para lhe aplaudir. Pouco importa para aquele povo quem a senhora é e qual a sua importância politica. O carnaval, festa livre, reúne pessoas livres,  que querem esquecer, pelo menos nos dias monimos, as desgraças que políticos iguais a senhora comentem contra a população no dia a dia. Por tanto, sentimento de gratidão, ali, só mesmo dos seus bajuladores , que já ganham pra isso. 

Aliás, sua performance como apresentadora de palco, além do timbre de voz não ajudar, é horrível e cafona!  

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: