quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Policial Civil é encontrado morto em sua residência com suspeita de ter tirado a própria vida em Martinópole

O policial Civil José Gomes de Paiva, ex-professor da rede pública municipal de Martinópole, de 44 anos, foi encontrado sem vida em sua residência, na Avenida Capitão Brito, no Centro da cidade, com forte suspeita de suicídio a bala. A esposa o encontrou na manhã de hoje no interior de um pequeno imóvel nas dependência  da residência. A arma estava ao lado do corpo. 

A esposa teria informado que o marido era depressivo, tomava medicamentos, mas que não estavam fazendo efeito.

Os vizinhos relatam que o policial, apesar da doença,  era alegre e muito querido por todos. Ele trabalhou na Delegacia de Uruoca, atualmente em Granja e tinha um filho ainda criança. 

As policias civil e militar foram acionadas  e estão no local aguardando a pericia forense. 

Nas redes sociais, amigos lamentam o ocorrido e enviam mensagens de conforto aos familiares. 

Carlos Jardel

Nenhum comentário: