sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Corpo de travesti é achado preso a correntes em cachoeira de Missão Velha

O corpo de uma travesti foi encontrado na manhã desta sexta-feira (14) em uma cachoeira do município de Missão Velha, no sul do Ceará. Monike Matias Chagas (25), como era conhecida estava presa a correntes com um cadeado. Além disso, também estava amarrada com uma corda ligada ao medidor de nível da cachoeira. 

De acordo com o delegado Ronaldo Leite, da Delegacia de Missão Velha, o corpo estava parcialmente submerso e próximo ao local onde foi encontrado havia um recipiente com óleo. 

Monike não foi reconhecida de imediato, mas somente depois de familiares procurarem a Delegacia de Juazeiro do Norte, cidade vizinha. Eles identificaram por meio de fotos. A polícia ainda vai chamar os parentes para prestarem depoimentos.

O caso foi confirmado também pela Polícia Civil, que relatou o achado do corpo.. A Perícia Forense também esteve no local para averiguação.

Monike foi encontrada morta um dia antes de se completarem três anos do assassinato da travesti Dandara dos Santos. Ela foi agredida por diversos homens e assassinada a tiros, com toda a ação gravada pelos criminosos em vídeo. 

Até hoje a morte de Dandara é vista como símbolo da luta contra a LGBTfobia e a morte por questões de gênero. 

Diário do Nordeste

Nenhum comentário: