sábado, 8 de fevereiro de 2020

Camocim - Cadê o mais de meio milhão do golpe do Whatsapp?

A prefeita Monica Aguiar ainda não soube informar o paradeiro do dinheiro do povo de Camocim -  mais de meio milhão de reais (R$ 552 mil) -  que foi desviado, em dezembro de 2019, via whatsapp, dos cofres públicos da prefeitura para contas bancárias de bandidos. 

O repasse da cifra pública foi operacionalizado pelo ex-programador financeiro do município, Felipe Veras, mediante suposta determinação da prefeita Monica, que alega ter tido o telefone Clonado. 

A gestora municipal não toca no assunto. Nunca prestou esclarecimentos sobre o ocorrido. Nunca mostrou qualquer documentação que comprove se houve ou não a recuperação dos valores repassados. 

A prefeita trata o assunto com total indiferença  e absoluto silêncio. Porém, sua participação e a do ex-programador financeiro, no que tange a improbidade administrativa, estão sendo investigados pelo Ministério Público Estadual. Os dois podem vir a ser punidos pela Justiça, pela pratica ilegal de repasses financeiros sem a devida observância das regras legais e normas administrativas. 

Enquanto isso, a pergunta que não quer calar é: prefeita Monica, cadê o dinheiro do golpe do whatsapp? 

Carlos Jardel

Nenhum comentário: