segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Filho de paciente com braço quebrado há mais de uma semana denuncia negligência do Hospital Deputado Murilo Aguiar

"Eles estão querendo mandar ela pra casa sem fazer nada"


A senhora Maria de Lourdes, de 57 anos, está com o braço quebrado há mais de uma semana no Hospital Deputado Murilo Aguiar  e, segundo relatou seu filho Leonardo, ela está necessitando realizar procedimento cirúrgico, "mas o hospital diz que não pode fazer a cirurgia. Eles estão querendo mandar ela pra casa sem fazer nada". Relatou o filho da paciente em vídeo divulgado nas redes sociais.

" Venho aqui prestar minha indignação e venho pedir a quem seja, a prefeita de Camocim, que venha tomar uma atitude. Vou voltar pra casa com a minha mãe sem fazer a cirurgia?", interrogou  o filho da paciente que questionou também sobre o destino das verbas que o hospital recebe para prestar o serviço aos pacientes.


Alfinetada

Agora veja bem, pois é para se questionar mesmo: o Hospital Deputado Murilo Aguiar recebe verbas milionárias do Governo para bem atender os pacientes, mas não atende. E sobre esse fato existem relatos e mais relatos de pessoas que foram vitimas da "esculhambação" que existe nesse hospital. As denúncias vão da falta de esparadrapos aos casos de negligências resultantes em mortes.

Como pode a paciente passar uma semana internada sem atendimento? onde está o traumatologista que deveria ter? 

O que o hospital está fazendo com o dinheiro de cifra milionária que recebe?

Só pra lembrar: esse hospital já foi alvo de apuração judicial com investigação da Policia Federal que constatou uma esquema de fraude para obter mais recurso do Sistema Único de Saúde.

Leia também:

 Mãe desesperada desabafa que hospital de Camocim matou seu filho.

Mãe perde criança durante parto no hospital de Camocim

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: