sábado, 21 de dezembro de 2019

Saiu no CN7: Construtora Manhattan dá calote e arruína vida de proprietário de terreno


Paulo Martins, de 60 anos, tinha renda mensal de R$ 100 mil. Ele alugava 23 lojas que construiu em terreno na avenida Dom Luís. Mas, hoje em dia, vive com a ajuda de amigos, após fazer um mau negócio com a Construtora Manhattan.

O contrato de permuta do imóvel previa uma série de obrigações, mas a empresa não cumpriu com o acordo e deixou Paulo Martins na ruína. E o pior de tudo: a Construtora Manhattan não permite que o terreno seja negociado com outro grupo do ramo.

Conheça a história de Paulo Martins

Nenhum comentário: