quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Chaval - Patrice Brito volta ao poder dos Pachecos após negociar candidatura a presidência da Câmara

A Vereadora Patrice Brito (PSD) voltou ao domínio do grupo politico comandado pelo ex-prefeito ficha suja Paulo Pacheco. Ela negociou seu retorno sobre a condição de ter seu nome lançado como candidata a presidência do Legislativo Municipal. Isso depois de  ter traído a oposição nas eleições de 2017, ocasião em que passou a rasteira na vereadora Claudete, que ficou com cara de tacho e servindo de mangação após a derrota para o então ex-presidente Dimas Filho. 

Alfinetada

Eu fico cá com meus botões, tentando entender como fica a vereadora Claudete Pinto e, principalmente sua filha, a ex-vereadora Sandra Helena, que armou um barraco na Câmara, daqueles que até o cão fica envergonhado, cobrando um suposto dinheiro que Patrice Teria Recebido para votar na Claudete. 

O negócio foi tão sério, ao ponto da Sandra dizer que Patrice ganhava dinheiro vendendo o corpo para os políticos. O caso foi parar na Policia Civil.

Bom, depois de ter sido humilhada e enganada, Claudete deverá votar naquela que foi sua algoz na votação de 2017. E a Helena? com toda certeza do mundo já deve ter esquecido do processo, o constrangimento, o vexame público e deve estar incentivando a mãe a votar na vereadora Brito, que para elas, agora, pela lógica, é um bom nome! 

Pra se ter ideia do quanto foi grave essa treta entre as três ( Claudete, Sandra e Patrice), a Câmara chegou a afastar a Claudete do cargo de vereadora por suspeita de corrupção, caracterizada em compra de votos. Ou seja: perdeu a presidência e ainda correu o risco de perder o mandato. No popular dizem: "além da queda, o coice!" E eu nem falei aqui da critica pública que mãe e filha sofreram emitidas, em longo alcance, pelas emissoras de rádios e redes sociais. 

Barraco entre Sandra Helena e Patrice



Carlos Jardel 

Nenhum comentário: