terça-feira, 12 de novembro de 2019

Assembleia Legislativa do Ceará fez um minuto de silêncio em homenagem a Vicente Arruda

Arruda estava internado há 20 dias em um hospital de Fortaleza, com quadro de pneumonia

O ex-deputado federal Vicente Arruda (PL) morreu na madrugada desta terça-feira (12), aos 90 anos. Ele estava internado há 20 dias com pneumonia. Arruda atuou por seis mandatos na Câmara Federal e desistiu de disputar a reeleição em 2018. 

A Assembleia Legislativa do Ceará (AL-C) fez um minuto de silêncio em homenagem. A morte do ex-deputado foi anunciada pelo deputado estadual Sérgio Aguiar (PDT) e pelo sobrinho Romeu Aldigueri (PDT). 

"Percorri o Ceará todo em seis campanhas, coordenando todas as campanhas dele, com muita honra. É um homem que me ensinou muito. Um líder da família se vai", disse Aldigueri.

O município de Granja, terra natal de Vicente Arruda, decretou luto por três dias. A atual prefeita, Amanda Aldigueri, é também sua sobrinha. Além dela e de Romeu, com mandatos atuais, o ex-deputado é tio do ex-deputado estadual Gony Arruda.

"Hoje Granja perde seu mais ilustre filho vivo"

O velório será na Funerária Ethernus, na rua Padre Valdevino, 1688, no bairro Aldeota, em Fortaleza. Uma missa será realizada às 19 horas e o corpo será cremado.

Carreira

Vicente Arruda assumiu o primeiro mandato em 1994. Foi titular da Comissão de Constituição e Justiça por 24 anos e foi relator do Código de Processo Civil. 

"Um grande jurista, um grande granjense, o filho mais ilustre de Granja, e a gente tem apenas que ser grato e homenageá-lo por tudo que ele fez para o município. Era um homem simples e gostava de ser prático", disse Romeu Aldigueri.

Diário do Nordeste

Nenhum comentário: