sábado, 24 de agosto de 2019

Voto da situação foi incoerente, "Sérgio cometeu irregularidades mais graves", disse Marcos Coelho

O vereador de oposição Marcos Coelho avaliou como "incoerente" o voto dos edis de situação a respeito da prestação de contas de Governo do ex-prefeito de Camocim Chico Vaulino, cujo parecer prévio do Tribunal de Contas de Estado -TCE foi pela desaprovação das mesmas.

 "Julgou-se irregular, mas sem qualquer fundamentação técnica, a Conta de Governo/2012 do ex-prefeito Chico Vaulino", enfatizou Marcos Coelho.

O parecer prévio do TCM recebeu 5 (cinco) votos contrário da oposição, que se posicionou claramente em favor de Chico Vaulino, e 09 (nove) votos favoráveis da bacada de situação, comandada diretamente pela prefeita Monica e pelo deputado estadual Sérgio Aguiar.

Foi "uma incoerência dos vereadores da situação", disse Marcos, completando, "é que o ex-prefeito Sérgio Aguiar cometeu irregularidades, muito mais graves e, mesmo assim, aprovaram suas Contas (2002/2004)".



Carlos Jardel

Nenhum comentário: