sexta-feira, 30 de agosto de 2019

"O Juiz foi prudente na decisão liminar", opina Marcos Coelho sobre o caso Erasmo Gomes

O vereador e Advogado Marcos Coelho,  opinando sobre a decisão do Juiz Thales Pimentel Sabóia, da comarca de Camocim, que suspendeu o processo de cassação  do vereador Erasmo Gomes (PSL), através de uma Liminar, disse que  "é direito do Vereador  reclamar sobre a ausência dos depoimentos de algumas das suas nove(9) testemunhas" e que "o Juiz foi prudente na decisão liminar". 

"Ainda conforme Marcos Coelho, "a  Comissão Processante da Câmara, agora, deve explicar o "porquê" da impossibilidade de ouvir os testemunhos dos três(3) Deputados e se esses depoimentos colaborariam, de alguma forma, no processo".

As declarações foram feitas no Facebook AQUI

Marcos Coelho participou do processo que cassou Erasmo na condição de testemunha, ficando assim impedido de participar da Sessão Plenária Extraordinária, realizada na noite da última quarta-feira  (28), na qual os vereadores julgaram o parecer final da Comissão Processante que investigou as 17 denuncias de quebra de decoro cometidas pelo vereador bolsonarista de Camocim.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: