segunda-feira, 27 de maio de 2019

Prefeita Monica mantém perseguição aos Sindicato Apeoc

Apesar de o artigo 85 da Lei Orgânica de Camocim assegurar o afastamento para desempenho de mandato classista, sem prejuízos de direitos e de salários, após uma ação arbitrária, a atual gestão municipal tenta, desde fevereiro/2019, retirar esse direito dos membros da Comissão Municipal. 

No dia 15 de fevereiro, conseguimos barrar, via liminar judicial, a medida infeliz que tem como objetivo final prejudicar os trabalhos do Sindicato APEOC em Camocim. Inconformado, o Município recorreu ao Tribunal de Justiça do Ceará, conseguindo suspender os efeitos da liminar concedida. O processo segue tramitando no Poder Judiciário, com a devida atenção do setor jurídico do Sindicato APEOC. 

Enquanto a Justiça não dá a sua palavra final em torno dessa perversa ação da Prefeitura, a partir do dia 28 de maio (terça-feira), o atendimento no Escritório do Sindicato APEOC, em Camocim, acontecerá somente pela manhã, no horário das 8h às 12h. 

Reafirmamos o compromisso desta entidade sindical por trabalhar na defesa da educação pública de qualidade e dos direitos de seus profissionais, sempre com imparcialidade, coerência e qualificação.

Apeoc Camocim

Alfinetada

Critiquei na semana passada a Comissão Municipal do Sindicato Apeoc por compreender que a mesma errou ao emitir, sem razão alguma, e de forma contraditória, nota em favor de um determinado vereador. Não fiz juízo de valor do Sindicato e nem de seus membros. Seria injusto, haja visto o grande serviço prestado em prol da educação e de forma imparcial. Critiquei a falha com a severidade que caracteriza o blog. Membros da comissão não gostaram. Não postei para eles gostarem. Foi uma critica pontual, sobre uma determinado fato. Afinal de contas, como disse antes: ninguém é perfeito. Ratifico, sem acréscimos, a critica e ao mesmo tempo o respeito pela instituição, bem como a solidariedade aos membros da comissão que estão sendo perseguidos pela desastrosa prefeita Monica Aguiar.  Bola pra frente! 

Carlos Jardel

Nenhum comentário: