sábado, 4 de maio de 2019

Diretor da Meio Norte FM Camocim deixou claro que Sérgio Aguiar paga 10 mil reais para radialistas detonarem seus adversários políticos


O vereador Erasmo Gomes tem sido constantemente criticado por radialistas da Meio Norte FM Camocim durante o programa noticiário da emissora. Por conta disso, Erasmo tem feito declarações públicas em suas redes sociais e na Tribuna da Câmara, criticando a postura dos radialistas que não  lhe concedem o direito de respostas ou  a oportunidade de debates de opiniões.

 O diretor da Rádio, o radialista Carlos Aquino, disse que o vereador Erasmo Gomes, "nunca irá falar" - dar entrevista - na emissora, porque ele "não paga um tostão furado à rádio".  Aquino deixou claro que politico, para fazer uso da Meio Norte FM Camocim,precisa pagar 10 mil reais. 

"Tem um politico que fala aqui na rádio sempre que quer, vem aqui, fala com a gente, a gente coloca ele uma hora no ar, duas horas, se ele quiser vim todo dia ele também é nosso convidado. Sabe por que?, porque ele paga 10 ml reais de arrendamento para esse rádio tá no ar. Então, esse aqui fala a hora que quer e como bem quiser", confessou o radialista durante programa, fazendo alusão ao deputado estadual Sérgio Aguiar, que é o único politico que usa e abusa da emissora, juntamente com sua esposa , a prefeita Monica Aguiar.

Em tempo

O que se pode dizer destas declarações?, ora, a olho nú, obstante a confissão de parcialidade, constata-se o óbvio: o deputado Sérgio Aguiar paga muito bem aos radialistas e a rádio para "detonar" seus adversários políticos e se promover. Contudo, isso não causa espanto - pelo menos para este blogueiro que vos escreve, que não acredita na imparcialidade -, o espanto vem quando o radialista diz  que o vereador Erasmo "nunca" irá falar nos microfones da emissora. E não é bem assim que funciona. A emissora não é soberana. A Justiça pode obrigá-la a conceder o direito de resposta, caso seja acionada.

Pior ainda foi a revelação do valor que o deputado paga: R$10,000 - dez mil reais!

Agora, resta saber o seguinte: de onde vem esses 10 mil reais?, do bolso do deputado?, ele presta conta desse dinheiro?, esse dinheiro vem da Assembleia Legislativa ou da prefeitura de Camocim?

Carlos Jardel

Nenhum comentário: