segunda-feira, 6 de maio de 2019

"Criador e criação" foram destaque em 2018 por motivos de corrupção e incompetência

Na manhã da última sexta-feira (03), o Presidente da Câmara Municipal de Camocim, César Veras, foi homenageado na Solenidade de Premiação Destaque Político de 2018. Na ocasião, o Presidente César Veras foi condecorado novamente com o prêmio pelo trabalho como vereador e presidente da UVC. 

Informações da Assessoria do Presidente da Câmara

Alfinetada

Na realidade, a dupla "criador e criação" - Sérgio o criador de César - no ano de 2018, foram destaques no mundo da politica por escândalos de corrupção e de incompetência . Vejamos:

1- Sérgio foi acusado pela Procuradoria da República por crime de corrupção eleitoral, consistente no abuso de poder econômico e politico ao utilizar a prefeitura de Camocim em beneficio próprio com contratações de servidores temporários com a única finalidade de trabalharem em sua campanha eleitoral e em troca de votos. 

2- Já o Vereador César Lera, apesar de não ter sido indiciado, sua gestão como presidente da União dos Vereadores do Ceará -UVC foi tão incompetente que ocasionou no escândalo de corrupção de sua secretária, sendo preciso o Ministério Público intervir na gestão do órgão através de uma Recomendação Ministerial,  ensinando o presidente a trabalhar. 

3- Sérgio ensinou muito bem César, que foi um excelente aluno.

Tanto o  caso de Sérgio Aguiar como o de César Veras foram "destaques" em quase todos os principais veículos da imprensa estadual.

Carlos Jardel


Nenhum comentário: