sábado, 9 de junho de 2018

Vazou áudio da pedagoga, ex-diretora escolar e ex-conselheira tutelar incitando violência em escola e chamando professoras "de éguas".

"Morda, dê na cara, e se for as professoras, meta a peia nessas éguas" 


Vazou na rede social whatsapp um áudio da pedagoga Edilene Mota incitando violência em escola e chamando professoras de "éguas".

Eis alguns conselhos da ex-conselheira tutelar:

"Meta a chibata...Negócio de educação não...Bote pra cima mesmo...Morda, dê na cara, e se for as professoras, meta a peia nessas éguas".

Edilene, além de ser ex-diretora escolar e ex-conselheira Tutelar, foi também presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, ex-suplente de vereadora, que chegou a assumir assento no Legislativo, ex-secretária da cultura do Governo Monica e atual comissionada do mesmo Governo.

Nos grupos das redes sociais, vários professores, e demais internautas, tem repudiado a postura da pedagoga aliada da prefeita Monica e do deputado Sérgio Aguiar, que deveria ter comportamento contrário, condizente com sua formação profissional e com as funções de relevância que a mesma  já assumiu no Município, ao invés de incitar mais violência nas escolas contra os professores.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: