quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

APEOC/Camocim: Falta de dinheiro em caixa? Para a educação, essa é uma desculpa que não cola

O Sindicato APEOC está com audiência marcada com a Secretária Municipal de Educação para este dia 02/02 (sexta-feira)


Servidores da educação estão se dirigindo às agências bancárias neste dia 1º de fevereiro para receberem seus sagrados salários e estão se deparando com uma triste constatação: a Prefeitura ainda não fez o repasse do salário do mês de Janeiro/2018.

E qual a explicação da Prefeitura de Camocim para isso? Consta no site da Prefeitura um informe indicando que as Secretarias Municipais e demais órgãos do município de Camocim, deverão encaminhar para a Secretaria Municipal de Gestão Administrativa, os dados para as averbações na folha de pagamento até o último dia útil de cada mês, do exercício financeiro de 2018, para que se processe a elaboração, geração e pagamento da Folha, até o dia 12, do mês subsequente.

Ou seja: a Prefeitura de Camocim alterou o calendário de pagamento sem informar nada a seu ninguém. Sem consideração alguma pelo servidor, não se teve o mínimo de decência de divulgar a notícia com antecedência para que o trabalhador pudesse se preparar, procurando minimizar os constrangimentos dessa infeliz atitude. E se quer indicam uma data para o referido pagamento. Lamentável! 

Falta de dinheiro em caixa? Para a educação, essa é uma desculpa que não cola! Consta no site do Banco do Brasil que no mês de Janeiro/2018 foram repassados R$ 2.972.918,29. Se tomarmos como base o valor da folha de pagamento do FUNDEB em dezembro/2018 (período em que se contava ainda com contratados em folha), o gasto foi de R$ 2.625.985,06. Então, não há justificativa para atraso algum no pagamento do trabalhador da educação. 

O Sindicato APEOC está com audiência marcada com a Secretária Municipal de Educação para este dia 02/02 (sexta-feira), às 11h30. Aproveitaremos para tratar também dessa inesperada situação.

Nenhum comentário: