quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Prefeitura de Granja compra tablets no valor de mercado: R$ 548, 73. Enquanto isso a Prefeitura de Camocim superfatura: R$ 1.325

O que está acontecendo em Camocim, só pode ser corrupção! 

A Prefeitura Municipal de Granja licitou e comprou, no dia 02/10/2017, 135 (cento e trinta e cinco) tablets da marca Samsung, modelo Galaxy Tab E, com as mesmas especificações técnicas, no valor de R$ 548,73, destinado aos Agentes comunitários de Saúde. Enquanto isso a Prefeitura Municipal de Camocim licita 81 tablets, no valor de R$ 1.325,00 a unidade, destinado a premiação dos professores das escolas Nota 10, referentes aos anos 2015 e 2016.

Ora, se Granja, de forma honesta e descente, demostrando zelo e respeito pelo dinheiro do povo, comprou no mesmo período que aconteceu a licitação na cidade vizinha o mesmo produto, com a mesma qualidade, pelo preço de mercado, como se explica o preço licitado pela prefeitura de Camocim ser 142% maior que a de Granja?. Ou seja: o valor da compra de Camocim é quase o triplo! 

É um absurdo! É uma total falta de respeito para com a população! Roubo do dinheiro público!  É um escândalo atrás do outro!

 A pergunta é: o que esta acontecendo em Camocim? 

A resposta não pode ser outra: corrupção, superfaturamento do dinheiro público às vistas claras da população e do Ministério Público Estadual.

A prefeita de Camocim parece ter perdido de vez o que nunca teve: respeito para com a administração publica. Ela deita e rola, faz o que bem quer e da forma que bem entende. Zomba da Justiça, e ainda conta com a cumplicidade da maioria dos vereadores de Camocim, seus comparsas, que são maioria no Legislativo Municipal, que não se incomodam com o povo, que não fiscalizam a prefeita , que devem achar normal este superfaturamento.

Atenção vereadores da Oposição! Atenção Ministério Público! 

Abaixo, copia dos documentos, que se encontram disponíveis, para qualquer cidadão, no Portal da Transparência do TCE.



Granja


Camocim



Carlos Jardel

Nenhum comentário: