quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Prefeita de Camocim judia dos servidores da Educação

A Prefeita de Camocim Mônica Aguiar há muito tempo vem ignorando os aprovados no concurso público e trava uma briga na justiça para não chamar os mais de 600 aprovados. Se não bastasse, colocou mais 700 servidores públicos no olho da rua e os poucos que ficaram tiveram seus salários reduzidos.

Sabemos que existe 36 milhões de reais dos professores de Camocim depositados desde janeiro de 2017 frutos de uma ação judicial interposta contra a União pelo ex prefeito Chico Vaulino.  Mas a Prefeita Mônica Aguiar, a mando do seu marido Sérgio Aguiar, briga na justiça para não repassar os 60% destinados por ordem da CGU aos professores de Camocim e quer fazer um jantarzinho de quase 80 mil reais para os professores, para ver se consegue enganar e enrolar os mesmos. Detalhe, o buffet nem de Camocim é. Como sempre os fornecedores são de fora.

É muita falta de compromisso e desrespeito a inteligência dos professores e demais servidores de Camocim.



Fonte: Impacto Granja

Nenhum comentário: