quarta-feira, 31 de agosto de 2016

MULTIDÃO COMPARECE AO SEGUNDO COMÍCIO DE EUVALDETE E MÁRIO ROBERTO


Candidatos destacam saúde e educação 

Na última terça-feira (30), a coligação A Esperança do Povo Vai Vencer de Novo realizou o segundo comício da campanha na Rua Santos Dumont, em Camocim. O evento que teve início às 19h, contou com a presença da candidata a Prefeitura Municipal, vereadores e também do ex prefeito e liderança política Chico Vaulino. 

Euvaldete Ferro, a candidata pela coligação, ressaltou para a multidão que se encontrava no local as propostas do seu Plano de Governo para áreas prioritárias como saúde e educação. “Nós precisamos cuidar melhor dos nossos pescadores por exemplo, oferecer serviço de saúde orientado, focando não apenas no tratamento, mas também na prevenção de doenças. Outra prioridade nosso é educação dos jovens para que eles possam sonhar com um futuro melhor”, destacou a Candidata. 

O candidato a vice-prefeito Mário Roberto utilizou sua experiência em educação para apresentar as propostas da coligação para Camocim. A educação integral foi a principal pauta defendida pelo candidato que é Professor. “Queremos ampliar a oferta de educação integral no município. Isso não é promessa de campanha, isso é algo que o Chico Vaulino fez quando esteve à frente da Prefeitura Municipal e nós sabemos que é possível e necessário, pois nós conhecemos a realidade do nosso povo”, afirmou. O vice também alertou a população da necessidade de compor uma Câmara Municipal forte para possibilitar a governabilidade de Euvaldete Ferro. Os candidatos a vereadores da coligação por sua vez apresentaram propostas para saúde, segurança, educação, esporte, cultura e lazer. 

As pessoas ouviram atentamente as propostas dos candidatos e cobraram mudanças, especialmente na saúde, alertando que atualmente faltam medicações para doenças crônicas. É o caso da moradora do Bairro Boa Esperança, conhecida como Dona Barateira. Com mais de 60 anos ela afirma que está sendo obrigada a comprar, com recursos próprios, a medicação para o tratamento da diabetes que deveria ser disponibilizada pelo município, mas que no momento está em falta. 

Carlos Jardel 

Um comentário:

Andre disse...

Se está ruim agora sem remédio. Imagine após a campanha.