terça-feira, 19 de julho de 2016

CANDIDATURAS PARA A ELEIÇÃO EM GRANJA DEVE PARAR NA JUSTIÇA ELEITORAL

O prefeito de Granja, Romeu Aldigueri, quer ser candidato à reeleição no pleito de outubro. Tem afirmado isso a todos que o abordam. Ocorre que sua candidatura deverá ser alvo de polêmica. Aldigueri, eleito em 2012, assumiu, também, por 15 dias, a prefeitura de Granja no período anterior, no ano de 2009, fruto de decisão judicial que o empossou como prefeito municipal e seu então companheiro de chapa, como vice. Seu caso é praticamente igual ao do ocorrido nas últimas eleições cearenses na cidade de Mulungu. O então prefeito mulunguense, José Mansueto, que pleiteava uma reeleição, teve sua candidatura cassada em 2012, pois eleito em 2008, Mansueto havia, também, assumido a prefeitura por 17 dias no ano de 2007, período imediatamente anterior. José Mansueto perdeu a sua ação tanto em primeira instância quanto na segunda, no TRE-CE, por decisão unânime dos juízes que entenderam que, caso fosse eleito em 2012, estaria ele indo para um terceiro período consecutivo, o que é proibido pela constituição brasileira. Na cidade de Groaíras também ocorreu fato semelhante. O então prefeito José Almir foi impedido de concorrer novamente pois havia assumido a chefia do executivo municipal no período 2004/2008 com o afastamento pela justiça da então prefeita Zoélia.

Por Roberto Moreira via Diário do Nordeste

Nenhum comentário: