sexta-feira, 10 de abril de 2020

Promotor notifica Prefeita de Camocim para justificar sua omissão na crise do Coronavírus

O Promotor de Justiça, Evânio Pereira de Matos, representante do Ministério Público Estadual em Camocim, notificou a Prefeita do município, Mônica Aguiar, em processo por omissão a população nas ações de socorro às famílias carentes que sofrem as consequências do novo coronavírus. 

A intervenção do promotor dá provimento a representação protocolada pelo Vereador do PSDB, Marcos Coelho que destaca a lentidão e falta de ações que assegure a dignidade humana da camada mais carente da população de Camocim. 

Na representação apresentada junto ao MP, Marcos Coelho destaca sete aspectos, entre cobranças e sugestões. Entre elas, a ausência de ações do plano de segurança alimentar das famílias carentes de Camocim. 

Entre as sugestões, está a valorização profissional dos profissionais da saúde que estão na linha de frente da pandemia do covid-19. Além da sugestão de antecipar parcela do 13° dos servidores do município com o objetivo de injetar recursos na economia local. 

O Promotor de Justiça cobra manifestação no prazo de 5 dias a cerca do teor da referida representação munida com provas documentais do plano de contingência municipal ao coronavírus, entre outras ações.   

O prazo do órgão dado a Prefeita Mônica Aguiar termina amanhã, sexta, dia 10. 

Leia abaixo a cópia da notificação:


Nenhum comentário: