terça-feira, 16 de julho de 2019

Bolsonaro "destrava nomeação de cargos para impedir perda de votos". Coisas da velha politica!

O governo de Jair Bolsonaro, após seis meses e meio de mandato, ainda não preencheu a maioria das vagas de segundo e terceiro escalões nos estados. Contudo, promete "destravar" as indicações e acelerar a distribuição dos cargos para partidos que apoiaram a primeira etapa da reforma da Previdência na Câmara.

Apesar de terem sido empenhados R$ 2,5 bilhões em emendas no início de julho nas negociações em troca de votos favoráveis, deputados também pressionam pelos cargos represados. Dentre as nomeações deve ser dada uma atenção especial aos órgãos federais no Nordeste. ( trecho da Matéria do Jornal O POVO Online)

Alfinetada

O presidente Bolsonaro, que carinhosamente é chamado de Bozo por populares que lhes são antagonistas nas redes sociais, elegeu-se afirmando enfaticamente não concordar com a velha politica marcada, dentre outras coisas,  por votos no congresso em troca de cargos e emendas parlamentares. Deixou entendido que iria abolir essa prática, e se intitulou protagonista de uma nova politica. Bom, ocorre que até agora o presidente só conseguiu aperfeiçoar a prática da velha politica, utilizando a demagogia como pano de fundo de seu governo. Nada novo, nem mesmo a demagogia.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: