sexta-feira, 8 de junho de 2018

PT lança pré-candidatura Lula Presidente e aposta em um novo pacto social para o País


A deputada Luizianne Lula Lins (PT-CE), ao falar pela Liderança do PT na Câmara em plenário, nesta quinta-feira (7), anunciou o lançamento nacional da pré-candidatura de Lula à Presidência da República sexta-feira (8), em Contagem (MG). “Vai ser um momento muito importante para o povo brasileiro voltar a ter esperança neste País. Para o Brasil ser feliz de novo, nós temos que, primeiro, viabilizar a libertação do Lula para que imediatamente saia de onde nunca deveria ter ido — porque o Lula é inocente — e vá para o Palácio do Planalto presidir este País, sob pena de que nós brasileiros possamos cada vez mais desistir de sonhar’, afirmou.

A deputada alertou que quando alguém deixa de sonhar, “talvez se torne um ser humano altamente perigoso até, porque ninguém é ninguém sem os nossos sonhos”. Ela enfatizou que vem de uma geração que sonhou com um Brasil melhor, que embalou esse sonho através de um momento singular na história recente da política brasileira em que um sindicalista [Lula] vindo do setor dos metalúrgicos do ABC Paulista, sem nível superior, encarnou a esperança para milhões de brasileiros que sonharam um dia que este País pudesse dar certo.

“Sou dessa geração que embalou o sonho de ver o Lula Presidente em 1989. Quando conheci o Lula, eu tinha 19 anos. E depois disso eu decidi me filiar ao PT, Partido do qual eu faço parte até hoje. E acredito no Presidente Lula.  Quem conhece o Lula de perto sabe que ele é um homem simples, correto, que tem uma sabedoria de vida absolutamente impressionante. Lula não é patrimonialista. Lula não é acumulador de riqueza. Lula até hoje, depois de ter sido Presidente da República e ter reconhecimento mundial, continua sendo o mesmo Lula que eu conheci quando eu tinha 19 anos e decidi me filiar ao Partido dos Trabalhadores”, testemunhou.

Por isso, continuou a deputada, o que estão fazendo com o Lula é de uma gravidade sem precedentes neste País. “Saber que uma capacidade de liderança, de sabedoria, de comando, de percepção, de sensibilidade, como ele, como ser humano tem, que é ímpar também. Talvez um dos maiores líderes da história do Brasil, mas certamente da história contemporânea o maior líder popular que este País já pode construir, porque o Lula é uma construção de todos nós”.

Luizianne falou ainda do golpe que tirou a presidenta eleita Dilma Rousseff do poder. “Nós sabíamos o que estava por trás do golpe, mas nós não sabíamos que ele ia tão longe. Nós hoje sabemos que o objetivo do golpe era simplesmente tirar o Lula da jogada, para não disputar as eleições de 2018”.

Tacla Durán –  A deputada também citou o depoimento do ex-advogado da Odebrecht Tacla Durán, nesta semana, à Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. “E o que é mais grave é que ele [Tacla Durán] denuncia a existência de uma farsa envolvendo muitos membros da Operação Lava Jato, que foi capaz de fazer acordo com 77 executivos da Odebrecht, um acordo para a realização de delação premiada remunerada. E a Justiça, uma boa parte dela está sabendo de tudo isso”, denunciou.

Luizianne destacou ainda que Durán afirmou que várias planilhas extraídas de sistemas eletrônicos utilizados pela Odebrecht teriam sido adulteradas, com o intuito de produzir provas para incriminar os alvos que os procuradores da força-tarefa da Lava Jato queriam a cabeça — principalmente a cabeça do Presidente Lula.

“Por isso, eu finalizo dizendo ao povo brasileiro que Lula é mais candidato do que nunca, que ele está mais animado do que nunca, que o povo brasileiro está do seu lado mais do que nunca”.

Esperança – O deputado José Lula Guimarães (PT-CE), líder da Oposição na Câmara, também usou a tribuna para falar da pré-candidatura Lula Presidente e da esperança que Lula traz para os brasileiros. “Não há outro caminho que não seja a candidatura de Lula. Ele é quem pode fazer o novo pacto social. Ele é quem pode fazer uma concertação nacional em função da grandiosidade dessa crise, que é uma crise moral, institucional, política e do ponto de vista da perspectiva de futuro”, afirmou.

Lula, de acordo com Guimarães é a melhor alternativa para o País pelo seu legado, “pelo o que ele fez com o País; pela vida digna que ele deu a milhares de trabalhadores brasileiros; pelo que fez para o Nordeste; pelos programas sociais que ele criou; pelas universidades que fundou; pela ampliação do FIES; por tudo aquilo que fez nos seus 8 anos de governo.

Desenvolvimento – O deputado Paulão Lula (PT-AL) também falou sobre o pré-lançamento da candidatura Lula sexta-feira (8), em Minas Gerais. “Eu tive a oportunidade de conhecer o Lula quando ele ainda era dirigente sindical. Esse metalúrgico é oriundo de uma região que tem uma grande contradição social, o Nordeste. Dentro de uma visão lusitana, Lula não tem nível superior, mas consegue ter a capacidade de liderança, como poucos no mundo. Lula tem essa grandeza”, avaliou.

Paulão destacou que Lula conseguiu o fenômeno de conciliar desenvolvimento, crescimento econômico com distribuição de renda, sem ruptura. “A experiência que nós tivemos na contradição do capital foram importantes e deram qualidade de vida ao povo, mas com enfrentamento. Lula conseguiu fazer essa equação. Isso não é fácil”.

Nenhum comentário: