quinta-feira, 7 de junho de 2018

Asfalto em apenas uma rua da Olinda. Prefeita e seus palhaços amestrados armaram o circo e agora querem plateia


Não podemos aqui dizer que asfaltar uma rua da cidade de Camocim, diante de sua destruição provocada pela empresa construtora dos serviços de saneamento básico, seja algo tão ruim. Não é! É algo mais ou menos bom, apesar da pouca serventia. Mas, na realidade, o que está em questão não é o produto no chão da rua,  mas sim, o circo que a prefeita Monica e o deputado Sérgio Aguiar armaram com seus palhaços amestrados para fazer uma desnecessária inauguração, com a contratação de uma  banda de forró, evidentemente com a finalidade de atrair a plateia e distraí-la dos problemas reais da comunidade.

Os idiotas, naturalmente, vão dizer que somos contra o desenvolvimento da comunidade, como sempre dizem. E vão garantir,limitadamente, sem poder dizer algo mais espetacular, que o asfalto vai melhorar a qualidade de vida das pessoas do bairro da Olinda, e que vai melhorar a locomoção das pessoas em seus veículos. Já os babões de plumagem mais elitizada vão enfeitar "o negócio" um pouco mais, transformando a obra num monumento deslumbrante e redentor.  Mas o certo é que este tipo de teatro, e seus efeitos, sempre tem um prazo rápido e é bem limitado.

Mas, sem duvidas, é sim, um verdadeiro espetáculo circense, mas que conota, também, cristalinamente, nada mais e nada mesmo do que propaganda politica antecipada para o esposo da prefeita, que irá disputar mais uma  reeleição para deputado estadual. Haja vista que o interesse da senhora prefeita pelo bairro é altamente questionável. Vejamos:

O Bairro Olinda enfrenta crise permanente de falta de água; a quadra poliesportiva da comunidade está em ruínas; a famosa praça do skate está completamente deteriorada, cercada por lama e mato. Sem falar nos demais problemas sociais do cotidiano; tráfico de drogas, alcoolismo, violência, crimes, desemprego etc.

Mas, para não ser injusto, é bom dizer que as únicas medidas de intervenção existentes, que inclusive já existiam bem antes do Governo Monica, e que foram apenas transferidos para o bairro, são o  CRAS - Centro de Referência da Assistência Social e o CREAS - Centro de Referência Especializado da Assistência Social. Vieram somar quantitativamente - qualitativamente, muito pouco - com os equipamentos já existentes:uma escola de ensino fundamental, uma creche e uma unidade de saúde arquejando, sem médicos e medicamentos. Todos com  trabalho tímido, com equipes reduzidas, com pouco poder de colaboração na transformação social, completamente perdidos diante do oceano de dificuldades que esta pequena região da cidade enfrenta.

Mais justo ainda é dar parabéns pro "saneamento básico", que apesar de destruir a pavimentação, pode ajudar de alguma forma. Digo "pode", pois considero que nem todas as famílias da comunidade terão condições de fazer a ligação à rede e usufruir deste importante serviço de saúde pública, devido aos custos financeiros - a não ser que a prefeitura faça a ligação gratuitamente para as residências - , e isso por que considero que grande parte das famílias mal tem dinheiro para prover com a alimentação diária e outras necessidades básicas, o que me leva a considerar, também, que, apesar da necessidade, o saneamento básico não consta na lista de prioridade das famílias.

Ainda sobre os dois espaços públicos de esporte e lazer na Olinda - a quadra de esportes e a praça do skate -, alguém saberia informar como se dá a participação da Secretaria Municipal do Esporte e Juventude, na fomentação da politica pública?Resposta: NENHUMA! Essa é uma das pastas do Governo Municipal absolutamente inoperante ou, no minimo, uma pasta burra!, que tem servido apenas para comportar os aliados políticos da prefeita e do deputado, e para realizar "meros" torneios  mixurucas de futsal e de futebol de campo - deveria ser a Secretária Municipal do Futebol, e não do Esporte e Juventude, que tem objetivo mais amplo.  Esta secretaria, dada a sua relevância, deveria ser uma das principais ferramentas  de erradicação de muitas mazelas da cidade, mas, NÃO É! .

Anote: A  Praça da Juventude em Camocim, que será construída pelo Governo do Estado, nas proximidades do Quartel de Policia - mas que dizem que é na Nova Olinda. E a velha Olinda?-  caso mantenha o mesmo padrão de cuidado que o Município oferece aos demais equipamentos (cuidado 0), poderá vir a ser mais um elefante branco, fadado ao desmoronamento. 

Daí a prefeita surge com a inauguração deste asfalto - em apenas uma rua, e não no bairro todo, como induz a pensar o cartaz -  e eu fico a me perguntar: qual, de fato, a real serventia deste asfalto para a comunidade e qual o verdadeiro objetivo desta festa de inauguração?, por favor, se tem grande serventia, além do circo de propaganda politica, mostre-me e me convença.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: