sábado, 24 de fevereiro de 2018

Uruoca - Prefeito e vice, além de cassados por corrupção eleitoral, instabilidade administrativa impera no Município.


Com mandato e diplomas cassados pela  juíza  Cláudia Waleska Mattos Mascarenhas, da 25ª Zona Eleitoral, o prefeito de Uruoca, Francisco Kilsem (PDT), e sua vice Maria das Graças (PMB), aguardam o julgamento de segunda instância, com a tese imperativa de se manter a decisão primeira, determinando definitivamente seu afastamento, e tornando-os  inelegíveis por 08 anos. 

Os dois foram cassados mediante acusação do Ministério Público, dada a confirmação da prática de corrupção eleitoral nas últimas eleições (2016), consistente de compra de votos e abuso de poder econômico. 

Enquanto isso

Populares reclamam do péssimo desempenho da administração nas áreas da saúde, educação, infraestrutura etc...

Tudo indica que o casal, já aguardando o pior (pra eles, lógico), não se incomoda de promover a instabilidade administrativa, ofertando o  pior para população. Afinal de contas, a Justiça poderá ordenar nova eleição em Uruoca, sem eles, claro. 

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: