terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Lula escala dupla Camilo e Eunício no Ceará e goleia Ciro em casa

O ex-presidente Lula (PT) deu um banho de articulação política nos irmãos Cid e Ciro Gomes (PDT) na própria casa dos FGs, o Ceará. Lula é o responsável por aproximar o governador Camilo Santana (PT) e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), montando uma chapa majoritária no Ceará para apoiar seu próprio nome à Presidência em 2018, e, de quebra, com risco de ferir de morte a candidatura de Ciro ao Planalto.

Camilo Santana, em conversa por telefone com o ex-presidente, na segunda-feira (4), confirmou o apoio ao petista à Presidência, deixando claro que não cederá à pressão dos Ferreira Gomes para apoiar Ciro. Por sua vez, Eunício já anunciou o apoio a Lula, assim como fez nas últimas eleições presidenciais.

A aproximação entre Camilo e Eunício fortalece o governador em uma possível ruptura com os irmãos Ferreira Gomes. Além disso, sem o apoio de Camilo no Ceará, ficará ainda mais difícil para Ciro manter sua candidatura à Presidência, já que, nas últimas pesquisas, a desaprovação do ex-ministro subiu de 47% para 63%, enquanto sua aprovação saiu de 15% para 16% no período de um ano. O maior risco para Ciro é ser rifado pelo PDT em 2018, com o partido passando a apostar suas fichas na eleição do ex-presidente.

A articulação de Lula

Em sua última passagem por Quixadá, Lula conversou com Camilo sobre a aliança com Eunício dentro de um carro guiado pelo governador. Estavam presentes o prefeito do município, Ilário Marques, o deputado estadual Osmar Baquit e o deputado federal José Guimarães. A conversa, com a ajuda da articulação do deputado federal Aníbal Gomes e do ex-deputado Pinheiro Landim, levou ao primeiro encontro entre o governador, o presidente do Senado e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. A informação foi divulgada pelo Diário do Nordeste.

Nenhum comentário: