sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

DESATIVAR O TCM É DESARMAR UM ADVERSÁRIO POLITICO DOS FERREIRA GOMES

Domingos Filho rompeu com Governo e se tornou presidente do TCM

Comenta através da imprensa que existe um projeto prestes a ser discutido no Estado, que seria a extinção do Tribunal de Contas dos Municípios, o famoso TCM, ainda neste ano, com a justificativa de diminuir gastos e economizar dinheiro no Estado. O estranho é que este possibilidade só passou a ser comentada logo após a eleição para a presidência da Câmara. 

Estranho ou algo muito lógico? Vamos entender:

Na disputa pela presidência da Câmara estavam Sérgio Aguiar e Zezinho Albuquerque, ambos do mesmo partido e da base aliada do Governador Camilo e do grupo politico comandado por Cid e Ciro. 

Zezinho já era presidente e desejava se perpetuar. Sérgio era primeiro secretário da mesa e queria uma oportunidade. 

O governador, Cid e Ciro se posicionaram por Zezinho e pediram para Sérgio retirar a candidatura. Sérgio rejeitou a proposta e disse que iria até o final, e assim fez. 

Então começou a disputa. Cada qual jogando com as armas que tinham. Detalhe: os irmãos Gomes não gostam de jogar pra perder.

Nisto, Zezinho se beneficiou com o apoio do poderoso Governo, enquanto Sérgio contou com o apoio da oposição e , contam as más linguás, com o apoio do seu pai, o Chico Aguiar, presidente do TCM e de Domingos Filho, também conselheiro do órgão.

E deve ter sido justamente por este apoio  que Sérgio recebeu,  que o TCM deve estar com seus dias de vida contado. 

Tanto Domingos como Chico Aguiar eram aliados e apadrinhados de Cid e Ciro, e esta atitude  de apoio a Sérgio gerou um racha na base aliada. 

vele lembrar que Camilo teria garantido que quem não apoiassem Zezinho iriam ser tratados como oposição. 

Bom, o irmão de Ciro e Cid, Ivo Gomes, entendeu o recado e partiu na frente, chegou a acusar membros do  TCM de imparciais,  e de está interferindo na disputa pela presidência da Câmara. Ele disse que prefeitos picaretas estavam sendo perdoados  e prefeitos honestos sendo ameaçados.

No abrir das urnas, Sérgio Aguiar perdeu a eleição, se declarou "independente". 

O X da questão entra aqui: Domingos Filho, que passou a ser opositor do Governo e dos Ferreira Gomes, foi eleito presidente do TCM, sucedendo Chico Aguiar. Em outras palavras:  é um adversário dos Ferreira Gomes que ganhou poder junto ao TCM. E é este poder que os Ferreiras Gomes pretendem tirar de Domingos Filho, para isso, seria normal utilizar a justificativa de extinguir o Tribunal, apanas para desarmar politicamente o adversário. 

Um adversário desarmando se torna mais inofensivo, mais fácil de ser derrotado. 

Os Gomes conhecem bem este seu novo adversário e o quanto ele sabe  manusear muito bem as armas que possuem. Seria arriscado demais deixá-lo com munição. 

Hoje o deputado federal Domingos Neto, que é filho de Domingos Filho,  postou uma foto ao lado de Tasso, um dos principais opositores dos Gomes, deixando cada vez mais claro o racha entre os aliados. 

A pergunta que pode ajudar a entender melhor esta situação é: se Sérgio tivesse retirado sua candidatura, seguindo os conselhos dos irmãos Gomes, o TCM estaria sobre ameaça de se acabar? 

Não! 


Carlos Jardel 






Nenhum comentário: