segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

CAMOCIM RECEBE CERTIFICAÇÃO POR EXCELÊNCIA EM TURISMO

O SKAL Internacional de Fortaleza realiza, no próximo dia 5 de dezembro, a solenidade de outorga da 4ª Edição da Medalha Stênio Azevedo. O evento acontece no Salão Blue Night do Hotel Gran Marquise, às 19h30, e agraciará, na categoria "Personalidades do Turismo", o secretário estadual Arialdo Pinho, os hoteleiros José Carlos Valente Pontes e José Erivaldo Arraes e o coordenador do Fortur, Pedro Carlos da Fonseca. A programação inclui ainda a entrega do Troféu Turismo Mundo Afora e a Certificação de Excelência dos Destinos Turísticos. As cidades de Aquiraz, Camocim e Fortaleza são os destaques do ano. 

 Informações do Caderno Turismo
Via Camocim Portal de Noticias
/D.N Foto: André Martins/CPN


Alfinetada

Definitivamente este prêmio não corresponde, em hipótese alguma, com a realidade administrativa da cidade. O mérito da premiação deve ser apenas pelas belezas naturais, cuja existência independe do poder público. 

A infraestrutura da cidade deixa muito a desejar. O básico do básico é mal feito - há quem diga que nem é feito -  ruas esburacadas, inclusive na própria Avenida Beira Mar. Falta placa de sinalizações e de informações turística, alguns trechos da Orla estão em constante apagão, gerando insegurança para os que fazem atividades físicas todos os dias.  A  coleta de lixo é precária, as vacas e demais animais continuam soltas nas vias.

E nem adianta dizer que a "estrada do maceió" é a grande obra - até por que foi iniciativa do Governo do Estado. Isso já está no passado e a cidade deve ir além deste investimento. 

O Pier, até que ficou "bonitinho", mas, está mais para atender uma demanda de infra estrutura dos moradores das comunidades rurais do que mesmo um mega atrativo turístico.

A reforma de  um trecho Calçadão da Beira Mar se arrasta praticamente por quase todo o mandato da prefeita  (e falta transparência na obra).

A politica de desenvolvimento do turismo está para além destas iniciativas simplórias. Deve estar conjugada com o desenvolvimento econômico, e isso, o governo de Monica não conseguiu desenvolver em tempo algum. Por tanto, se não mudar a lógica da politica, estas premiações serão sempre vistas como "fajutas". 

Carlos Jardel 

Um comentário:

Gabriel Yegor disse...

Sinceramente cidadão, acho que vc deveria mudar o mote do seu blog...kkk...rancor em demasia faz um mal tremendo à alma. Será que compensa viver angustiado? Pois é isso que sinto em suas palavras...angústia. Procure viver mais leve.