quarta-feira, 23 de novembro de 2016

EM CAMOCIM, HOMEM DE 22 ANOS É PRESO ACUSADO DE ESTUPRAR DEFICIENTE MENTAL. POLÍCIA SALVA ACUSADO DE LINCHAMENTO

Mais um caso de estupro foi registrado na cidade de Camocim. Desta vez o caso aconteceu por volta das 20h40 de terça-feira, 22, no bairro da Olinda e para a revolta de todos, a vítima deste crime perverso foi uma pré-adolescente de 13 anos acometida de deficiência mental parcial.

Foram várias as ligações feitas para o 190 comunicando o caso que teria acontecido em um loteamento no bairro da Olinda localizado em frente a subestação da Coelce. Para o local foi enviada uma equipe do Ronda do Quarteirão sob o comando do Subtenente Ferreira. Foram feitas algumas perguntas para a vítima e esta confirmou que o acusado teria lhe levado para um matagal e com ela praticado relação sexual.

Naquele momento, populares enfurecidos agrediam o acusado e só não aconteceu o pior devido a intervenção rápida dos pm’s. Moradores do bairro ameaçavam linchá-lo dentro de sua residência, sendo necessário uma ação rápida da polícia que teve que conduzir as partes para a DPC de Sobral, já que a delegacia de Camocim só funciona até as 18h00 durante a semana (de segunda a sexta). Em Sobral o acusado Leonardo Félix Setúbal, de 22 anos, teria confessado o crime e foi autuado em flagrante com base no artigo 217 A, § 1 do CPB, sendo recolhido para a cadeia pública de Camocim.

Veja o que diz o artigo 217 A § 1º

Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos: 
Pena - reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos. 

§ 1º Incorre na mesma pena quem pratica as ações descritas no caput com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência.

Efetuaram a prisão: Subtenente Ferreira, Sds Aderbal e Rafael
Camocim Polícia 24h

Nenhum comentário: