sábado, 1 de outubro de 2016

JUSTIÇA ELEITORAL INVESTIGA FRAUDE NA PESQUISA DIVULGADA POR COLIGAÇÃO DE MONICA AGUIAR

Pesquisa foi registrada na JE antes de ser realizada. Como pode?  

A Coligação de Mão dadas na Geração de Emprego e Renda, do candidato a prefeito Paulo da Funerária, denunciou a candidata  Monica Aguiar e Chiquinho do Peixe da, Coligação Pra Sempre Melhor, por ter divulgado, no dia 28 de setembro, pesquisa "irregular, fraudulenta", através de programa de rádio, carro de som e outros meios. De acordo com a documentação apresentada na denúncia, a pesquisa foi realizada pela empresa Alternativa Dados  e registrada antes de ser realizada,  no dia 22 de setembro. A pesquisa de fato, supostamente teria ocorrido de 22 a 24 de setembro. 

" Como há possibilidade de se registrar uma pesquisa em data anterior a sua realização? Não há. Os representantes burlam a norma eleitoral, primeiro falseando um registro , e, depois tentam cumprir o prazo de 05 dias para fins de divulgação".

A Coligação de Paulo da Funerária sustenta que os dados indicados no registro são questionaveis e não reproduzem a realidade dos fatos. 

Mais

O que também está sendo questionado é o estranho fato de constar na divulgação da pesquisa o CNPJ da Candidata Monica Aguiar.

Mais estranho ainda

A porcentagem da pesquisa, na somatória geral, apresenta 100, 01%, quando deveria resultar em apenas 10%.

Alfinetada

A pesquisa da candidata Monica Aguiar já está servindo de piada nas redes sociais. Alguns dizem que é a "pesquisa estaleiro" outros chamam de "pesquisa mercado dois andares" e a pior de todas é "pesquisa metrô"

Carlos Jardel 

Nenhum comentário: