quarta-feira, 21 de setembro de 2016

MPCE DENUNCIA DEZ AGENTES PENITENCIÁRIOS

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) denunciou dez agentes penitenciários identificados no relatório que apurou as responsabilidades sobre as rebeliões do dia 21 de maio, que deixaram 14 mortos e um prejuízo de aproximadamente R$ 12 milhões aos cofres estaduais. A informação foi confirmada pelo coordenador da comissão que fez o relatório, promotor Humberto Ibiapina. 


A conclusão do relatório responsabilizava a Sejus por permissividade ao deixar presos soltos dentro das unidades. O secretário da Justiça, Hélio Leitão, disse que o relatório chegou no final da manhã de ontem, mas ainda será analisado. “Só podemos fazer pronunciamento após a análise e toda e qualquer crítica e análise sobre o sistema prisional é muito bem recebida. Somos receptivos a esse tipo de iniciativa e estamos abertos a críticas e a sugestões”, relatou.

O Povo

Nenhum comentário: