quarta-feira, 14 de setembro de 2016

EDUCAÇÃO, EMPREGO E COMBATE AS DROGAS FOI TEMA DE DISCUSSÃO ENTRE MÃES E CANDIDATOS EUVALDETE E MÁRIO ROBERTO

Euvaldete Ferro e Mário Roberto Escutam as Necessidades das Mães de Camocim Com proximidade e olhando no olho, assim foi mais um encontro promovido ontem (13) entre as mães e os candidatos à Prefeitura de Camocim Euvaldete Ferro (PMDB) e Mário Roberto (PSB). Os candidatos da coligação A Esperança do Povo Vai Vencer de Novo veem apostando em encontros e reuniões mais próximas da comunidade, onde podem serem ouvidos e principalmente ouvir, isso, segundo a candidata, ajudará a planejar ações mais direcionadas e efetivas. “Estamos aqui, no comité do nosso amigo Erasmo Gomes porque precisamos ouvir vocês para saber onde trabalhar mais em melhor, saber onde investir, saber as reais necessidades da população. E é assim que planejamos governar, ouvindo vocês os 4 anos”, afirmou Euvaldete Ferro.

As mães presentes mostraram sua preocupação especialmente pela falta de oportunidades de estudo e emprego na cidade. Tal situação obriga muitos jovens e adultos a deixarem suas casas para estudarem em outras cidades, gerando prejuízo financeiro e social para essas famílias. É o caso da professora aposentada Maria Antonieta Rocha que relatou a sua experiência para os demais. “Tenho dois filhos, um mora aqui e uma em Fortaleza. Graças a Deus pude pagar os estudos dos meus filhos, mas era sempre ruim a despedida, deixar meus filhos na rodoviária. E mesmo após estudar e passar no concurso, deixar outros empregos, meu filho, que atualmente mora aqui, continua desempregado pois passou no concurso e nunca foi chamado, isso gera muito desânimo para os jovens, não tem emprego, terminou o ensino médio aqui não tem onde trabalhar e nossos filhos são obrigados a sair daqui e nós que somos mães ficamos só com a saudade”.  A Professora também relembrou que nem todos os pais tem condições financeiras de mandar seus filhos estudaram fora, gastos com deslocamento, alimentação e moradia, acabam por vezes destruído o sonho dos alunos. 

Estabelecer novos pontos de ensino na cidade é uma questão que já vem sendo defendida pelo professor Mário Roberto que admite que é uma questão complexa, mas que com articulação política e boa vontade, pode se tornar realidade em Camocim, trazendo mais oportunidade e igualdade. 

 A saúde também foi um ponto discutido na noite de ontem, a falta de remédios foi a principal queixa dos presentes. É o caso de Ana Kednna que atualmente, mesmo estando desempregada, precisa comprar os medicamentos que utiliza. “Está muito ruim porque eu tomo 4 remédios por dia, todos caros e atualmente é minha mãe que compra. Procuramos no posto de atendimento e na Farmácia Municipal e a história é sempre a mesma, que não tem para a gente voltar no dia seguinte. Isso é muito descaso com a gente”, lamentou a jovem. 

 Na educação as mães pediram por mais qualificação dos professores para oferecerem uma educação melhor, merenda escolar de qualidade e também a realização de atividades culturais e esportivas para tirar os jovens das ruas. “Precisamos de uma educação com qualidade social. É a educação que dá autonomia ao aluno, satisfação ao professor e que os pais percebem que seus filhos estão aprendendo o que é necessário. Educação capaz de capacitar os jovens camocinenses para chegar no ensino médio, no ensino superior, ensino justo”, afirmou o Mário Roberto que durante a campanha tem se mantido firme na convicção de que educação é o melhor caminho para começar a mudar a realidade local, combater as drogas e a violência.

Nenhum comentário: