segunda-feira, 20 de junho de 2016

DEPOIS DE FAZER 'GATO' NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA, PREFEITO É ACUSADO DE SUPERFATURAR BOLACHA


O prefeito do Município de Pindoretama, na Região Metropolitana de Fortaleza  (a 42Km da Capital), Valdemar Araújo da Silva Filho (PT), está em maus lençóis. Depois da descoberta de ter ordenado uma ligação clandestina, ou “gato”,  para a iluminação pública entre dois distritos, agora é denunciado por superfaturar o preço de bolacha destinada à merenda escolar.

Um dos vereadores de Pindoretama, denunciou superfaturamento na compra de biscoitos, carnes e peixes para o fornecimento à uma escola daquela cidade.

O vereador apresenta notas fiscais, provando que a prefeitura comprou pacotes de bolacha de 400g pelo valor unitário de R$10,77, já no comércio essa mesma bolacha é vendida pelo valor de R$2,90. A empresa envolvida é a R. de Lima Rocha.

Outra empresa contratada é a LC Maia Júnior Comercial. Ela vendeu a mesma bolacha no valor de R$4,50. A LC de Maia também foi denunciada por fornecer carne de gado no valor de R$30,70 o quilo, e no comércio essa mesma carne custa R$18,00, o peixe foi comprado no valor de R$30,70, mas o alimento não foi fornecido.

Gato

A denúncia sobre a ligação clandestina de energia elétrica veio à tona quando a própria Coelce descobriu o fato, em abril, e determinou que toda a rede clandestina fosse desmontada. Ela foi instalada na estrada que liga os distritos de Mangueiral e Capim de Roça.

Há cerca de 15 anos,  os moradores dos dois distritos encaminhavam demandas à prefeitura de Pindoretama solicitando a ligação da energia elétrica alegando que vinham sofrendo constantes assaltos por conta da escuridão.

A Coelce confirmou ter identificado que a rede instalada no Distrito de Capim de Roça foi irregular e de é de responsabilidade direta da Prefeitura. Por conta disso, foi enviada ao local uma equipe da Companhia com o apoio da Polícia Militar para a retirada do “gato”.

A Coelce informou, ainda, que “além do ato ser criminoso, afeta a qualidade do serviço prestado  e pode levar curtos-circuitos e sobrecarga”.

Ceará News


Nenhum comentário: