Jijoca: Dr. Maurício cobra da prefeitura orientação e controle de filas na Casa Lotérica - Revista Camocim

segunda-feira, 27 de abril de 2020

Jijoca: Dr. Maurício cobra da prefeitura orientação e controle de filas na Casa Lotérica

"As pessoas estão ali por necessidades e a prefeitura precisa orientá-la", disse. 

 Ele questiona se existe necessidade de 12 pessoas na Barreira Sanitária enquanto a ausência de profissionais é inexistente ou reduzida. 





Para o presidente do Pros de Jijoca de Jericoacoara, Maurício Freitas, as enormes filas formadas em torno do recebimento do Auxílio Social na Casa Lotérica, que chega a dobrar quarteirões, é preocupante porque as pessoas acabam descumprindo as medidas de distanciamento uma das outras na fila. Fora isso, apesar da obrigatoriedade, muitas pessoas também não utilizam máscaras de proteção.

Apesar do problema detectado, a prefeitura municipal não tem sido eficiente ao ponto de garantir a integralidade do controle. O Revista Camocim apurou que a secretária da saúde realiza uma escala entre servidores para tentar atender a demanda das filas, porém, a medida é inconsistente deixando prevalecer o caos.

No vídeo, Dr. Maurício, que é também empresário do ramo de clinica médica e de ópticas, observa 
uma disparidade nas atividade de controle; enquanto cerca de 12 servidores se concentram na entrada da cidade, na importante Barreira Sanitária, o número de servidores nas filas é inexistente ou , no minimo, não chegam a tanto.

" Há necessidade de tantas pessoas para o controle de quem entra em Jijoca e não há necessidade de ninguém no centro para ordenar, pra organizar, pra orientas as pessoas que estão ali em busca de ago essencial ofa eles?, questionou Mauricio, completando:  "aquelas pessoas estão ali por necessidade" 

Carlos Jardel

Nenhum comentário: