segunda-feira, 22 de julho de 2019

TCE inicia fiscalização no Governo Monica e na Câmara Legislativa.

População pode contribuir com a fiscalização

A equipe de auditores fiscais do Tribunal de Contas do Estado do Ceará - TCE já encontra-se em Camocim, onde deverá se estabelecer por toda a semana,  para os trabalhos de fiscalização, no âmbito da Prefeitura e da Câmara Municipal. 

 De acordo com o Tribunal, a fiscalização vai da  "análise de orçamento, contabilidade, finanças e patrimônio, verificando, por exemplo, a comprovação das prestações de serviços essenciais e procedimentos de licitação e contratos".

Ainda de acordo com órgão fiscalizador, "a ação pode gerar a abertura de processos, diante de indícios de irregularidades, bem como subsidiar a análise de prestações de contas municipais, com a coleta de documentos e informações".

Todo e qualquer cidadão, bem como vereadores, conselheiros municipais, podem procurar os auditores para ofertar denuncias de indícios de corrupção na máquina pública municipal.

Vale lembrar que o governo Monica já responde  a vários processos por improbidade administrativa. E muitos de seus secretários - saúde, educação, infraestrutura, Cultura, Desenvolvimento Social -  já tiveram suas respectivas contas reprovadas pelo TCE, com notas de improbidade e denuncia ao Ministério Público. 

Além disso, a prefeita Monica foi denunciada por ter praticado corrupção eleitoral ao utilizar a máquina pública, contratando ilegalmente  servidores mediante empresas terceirizadas, para beneficiar a campanha eleitoral seu esposo, o deputado estadual Sérgio Aguiar. 


Alfinetada

A movimentação na prefeitura, nos últimos dias, foi intensa. Um verdadeiro entra e sai de servidores com aspectos de quem estão sob forte pressão, tentando fazer "remendos" em algo ou em alguma coisa. 


Carlos Jardel

Nenhum comentário: