domingo, 19 de maio de 2019

Desequilibrado - Erasmo chama professores de canalhas e alunos de preguiçosos.

O vereador Erasmo Gomes (PSL), que plagia a estupidez e arrogância do presidente Bolsonaro, seu guru politico, depois de ter chamado de "bando de maconheiros" professores e estudantes que protestaram em Camocim contra os cortes na educação e a reforma da previdência, continuou a disparar impiedosamente contra os que divergem de seu posicionamento politico. Desta vez, durante discussão nas redes sociais com o James Cruz, um dos funcionários do IFCE, falando sobre os manifestantes e organizadores do protesto, ele resolveu chamar de forma leviana, os professores de  "canalhas" e alunos de "preguiçosos". 

Segundo o vereador bolsonarista, os professores que articularam a manifestação promoveram "canalhice intelectual" e que os alunos que participaram "tem preguiça de estudar".

A critica de "maconheiros" foi estendida também aos militantes de partido de esquerda. Vale lembrar que o vereador Oliveira da Pesqueira, aliado de bancada de Erasmo, e o vereador James do Peixe, da situação, são filiados ao PCdoB, partido da esquerda. Ainda no arco de alianças politicas do vereador tem o presidente do PT de Camocim, Roberto Filho, que é outro partido de esquerda.

Alfinetada

O vereador diz que é contra os cortes na educação, mas na hora em que precisou provar sua afirmação, se absteve da votação sobre a nota de repúdio que todos os vereadores aprovaram contra os cortes do governo federal.  Ele prefere intensificar a polêmica depreciando professores e  alunos e pousando de "vítima do sistema" imaginado estar "truando". 

Carlos Jardel

Nenhum comentário: