segunda-feira, 27 de maio de 2019

Camocim - movimento em prol do Governo Bolsonaro não lotou um quiosque

 Cerca de meno de 50 pessoas compareceram ao evento. 



A manifestação agendada para acontecer as 16h de domingo, na Praça do Amor, na Beira Mar de Camocim, que pretendia sair em carreata/caminhada pelas ruas da cidade, chamando atenção da população, foi frustrante e chamou a atenção justamente pelo fracasso de público, o que comprova ainda mais a baixa do Bolsonaro em Camocim, que foi humilhado nas urnas na eleição.  

Um dos organizadores do evento, segundo informações de fontes seguras, estava esperando cerca de, no minimo, mil pessoas. 

"Vamos mostrar pros esquerdistas como é que se coloca gente na rua", teria dito outra  liderança do movimento.

Nas redes sociais de Camocim, até mesmo quem votou e defende o governo Bolsonaro, ficou "tirando onda" com a manifestação, de tão fraca que foi. 

"Esse pessoal está esperando é a lancha pra ir pro Sitio, é?!", ironizou um bolsonarista de Camocim.

Outros questionam se o fracasso do evento teria se dado por conta da presença do vereador Erasmo Gomes. 

"Acho que alguns eleitores do Bolsonaro, que não concordaram dele ter chamado de maconheiro professores e estudantes, não quiseram queimar seus  filmes aparecendo em fotos ao lado dele. E sem falar  que ele enfrenta um processo de por quebra de decoro parlamentar", refletiu um leitor do Revista Camocim.

Carlos Jardel

Nenhum comentário: